31.7.07

O horror! O horror! Pt. II

Televisão desgracida, agora deu de não ligar.

30.7.07

A profecia


césar |. miguel says:
E é isso que vai acontecer contigo.
Pode escrever.
Ah, não precisa, já escrevi.

Sete, zero-zero-sete Pt. I


- Café. Nescafé.

27.7.07

O grande profeta Digardi Pt. V


Vim, vi e bebi.

O grande profeta Digardi Pt. IV


Penso, logo pego mais uma.



P.S.: Edgard ficou alguns dias no MS visitando o pai e, voltando, soltou essa logo de cara.

Tão Lindinha, Mas...

É assim, os poeminhas viraram música.
Dá pra ouvir aqui uma versão bem tosca: MySpace.com/TresCentavos.

Se fosse um single e não tivéssemos
dinheiro pr'a arte, essa seria a capa

Tão Lindinha, Mas...
(César L. Miguel)

Tão lindinha, mas fica tão feia
Falando "pra mim fazer"
Tão lindinha, mas fica tão feia
Usando aquelas botas medievais demodê

Tão lindinha, mas fica tão feia
Quando desce até o chão!, chão!, chão!, chão!
Tão lindinha, mas fica tão feia
Cantando "leilão de coração"

Nem mesmo sei como me aconteceu
Me apaixonar por uma coisa dessas
Eu achei que ela curtisse os Mutantes
Ela acha o Armandinho poeta

Ela sabe que eu tô na dela
E ela dessas que gostam de zoar
Eu não consigo curtir o que ela curte
Ela acha tão chato esse lance todo
De eu tocar

Tão lindinha e me convenceu
A ir em uma festa com ela
Ela disse: "é numa fazenda
E o som é psicodelia"

Tá certo que eu fui meio com um pé atrás
Mas eu achei que eu fosse ouvir um som tipo Captain Beefheart
Ela disse então que aquele era o tal do psy

Ela me enganou
Ela não me explicou
Como tudo era

E eu fiquei muito, muito perdido por lá
Sem entender aquele som repetitivo
Até que eu topei com uns caras esquisitos com umas coisinhas brilhantes
Eles tinham uns comprimidinhos e compartilharam comigo e então tudo ficou tão dançante
Eu quase conseguia entender qual'era daquele som, mas então pra minha infelicidade o barato passou

Tão lindinha, mas fica tão feia
Quando diz que o Armandinho é poeta
Tão bonito, mas acho tão triste
Ele dizer que aquilo é reggae

No fim das contas acabei desistindo
E, agora sim, eu tô partindo pra outra
Alguém que me queira do jeito que eu sou
Uma guria cabeça que aceite mais meu modo
De pensar



P.S.: Não parece, mas eu tô bêbado paca de Dreher.

Eu Gosto É De Você

Para ouvir você acessa o MySpace.com/TresCentavos.

Novamente: se tivéssemos grana a capa ia ser bem diferente

Eu Gosto É De Você
(letra: César L. Miguel
música: César L. Miguel / Paulo Garrido / Barsa Ribeiro)

Há quem goste de cachaça
E há quem goste polenta
Eu não gosto de nenhum
Eu gosto é de você

Há quem goste muito, muito da Nico
E há quem queira conhecer Rita Lee
Eu não quero nada, nada disso
Eu só quero estar com você

Quem me dera se eu pudesse
Ah, quem dera ser um peixe
Quem me dera se eu pudesse escolher
Aonde viver e o que eu faria se tivesse você

Tem os que querem morar em Londres
E tem também quem queira morar em Paris
O que eu quero é muito pouco pr'um homem
Eu só quero estar aí

Há quem goste de cachaça
E há quem goste de boleta
Eu não gosto de nenhum
Eu gosto é de você


P.S.: Continuo bêbado.
And counting.

26.7.07


Quem não vê cara come sem coração.

25.7.07


Fumando na UTF, antigo CEFET:

- Beque do Cefuture!

Mulher de amigo meu é que nem homem:
Só como o cuzinho

(agradecimentos ao sempre filósofo Mateus Stolle Fiquer)

18.7.07

Eu gosto é de você Pt. III


E tem os que querem morar em Londres

Tem também quem queira morar em Paris
O que eu quero é muito pouco pr'um homem:

Eu só quero estar aí.

Eu gosto é de você Pt. II


Há quem goste muito, muito da Nico
E há quem queira conhecer Rita Lee
Eu não quero nada, nada disso,

Eu só quero estar com você.

Tão lindinha, mas... Pt. IV


Tão lindinha, mas fica tão feia
Cantando "leilão de coração"

Tão lindinha, mas... Pt. III


Tão lindinha, mas fica tão feia
Quando desce até o chão!, chão!, chão!, chão!

Tão lindinha, mas... Pt. II


Tão lindinha, mas fica tão feia
Usando aquelas botas medievais demodê

17.7.07

Eu gosto é de você Pt. I


Há quem goste de cachaça
E há quem goste de polenta

Eu não gosto de nenhum,

Eu gosto é de você.

11.7.07

O grande profeta Digardi Pt. III


Foi uma mulher quem me levou a beber.

Até hoje não agradeci.

O grande profeta Digardi Pt. II


Minha vida é um litro aberto.

O grande profeta Digardi Pt. I


Não bebo mais.

Nem menos.

4.7.07

Droga

Seria legal se não fosse ilegal

Entrevista com Mister Lúdico e os Morféticos

A banda paulista Mister Lúdico e os Morféticos esteve em Maringá no último dia 16 para fazer um show no Pub Fiction Bar juntamente com a também paulista The Tickets. Formada em 2006 em São Paulo, pelos itanhaenses Mister Lúdico e Amadeu Coiote e pelo paulistano Rafa Menezes, a banda tem uma demo com quatro músicas e planeja lançar o primeiro álbum – independente – no mês que vem.

Apesar da pouca idade, a banda já é bem conhecida na cena independente nacional. Tal fato se deve principalmente às aparições de seus integrantes em programas da MTV como Quebra-Galho, VidaLog e Gordo Freak Show além da participação, em novembro de 2006, no quadro Banho de Estúdio, do programa TramaVirtual, exibido semanalmente pelo canal Multishow.


Durante sua passagem por Maringá, mais precisamente antes do soundcheck no Pub Fiction, a banda falou à Equipe Garagem sobre a cena de São Paulo, a origem do curioso nome e suas participações nos programas da MTV.

Os morféticos Amadeu Coiote e Rafa Menezes
durante o show no Pub Fiction em Maringá


GAIOTO Como foi o começo da banda?
LÚDICO Eu (Mister Lúdico, baixo e voz) e o Amadeu (Coiote, bateria), a gente já tem banda lá em Itanhaém desde sempre. Ele foi pra São Paulo há dois anos e eu fiquei moscando em Itanhaém, fazendo música. Aí ele me arrumou um emprego em São Paulo, fui para lá, passamos as músicas, arrumamos o Rafael (Menezes, guitarra e backing vocals) no orkut e montamos a banda: Mister Lúdico e os Morféticos.

GAIOTO
Quais eram os empregos?
LÚDICO Até hoje a gente é técnico em áudio no Estúdio ProduSom, lá em São Paulo.
COIOTE A gente fica passando o som do Fábio Jr.

THIAGO E quanto ao nome da banda, de onde veio?
LÚDICO Não sei. Então, tudo funciona da seguinte forma: a gente às vezes quando está andando, a gente não fica prestando muita atenção à nossa volta. A gente às vezes é levado, por ironia do destino ou levado por certas substâncias, a enxergar coisas além. Eu estava andando com meu amigo índio na rua e me veio na mente: Mister Lúdico e os Morféticos! Sendo que morfético eu sabia por causa que a minha avó, ela falava que quando os tiozões jogavam baralho, eles falavam: “joga esse três aí, seu morfético!” (imitando a voz). (risos gerais) Sabe? Tipo de lazarento também, que era leproso. Eu gostei do nome e acho que isso foi uma coisa assim entendeu? Mister Lúdico e os Morféticos. E lúdico é relativo a jogos, brincadeiras e diversão e eu sempre fui um nerd muito divertido. Até ir embora para São Paulo que aí foi desgastando meu espírito. Mas enfim, a gente sempre supera.

"Morfético eu sabia por causa que a minha avó, ela falava que quando os tiozões jogavam baralho, eles falavam: 'joga esse três aí, seu morfético!' Eu gostei do nome e acho que isso foi uma coisa assim, entendeu? Mister Lúdico e os Morféticos."

GAIOTO
Mas você tem um amigo índio?

LÚDICO Tenho. O meu amigo índio ele fica o dia inteiro tentando cortar os fios dos postes porque ele quer acabar com as empresas de telefonia. Ele é totalmente louco.

THIAGO
Recentemente você participou do programa Quebra-Galho, da MTV, onde eles dizem te ajudar com apenas 50 reais. Eles te deram uma passagem de ida para Varginha e te indicaram um guia. Você conseguiu ver algum ET?

LÚDICO Isso aí foi uma parada mó legal da MTV. Aquele lugar (Varginha-MG) tem umas paradas loucas mesmo. Toda vez que ocorre uma manifestação de ET ocorreu uma pá de coisas naturais, tipo tempestades e furacão. E eu fiquei sabendo pelo carinha que me acompanhou lá que aconteceu uma pá de coisas que ficou mantida debaixo dos panos pela própria imprensa e pelo poder público de lá para não causar um alarde coletivo. Mas eu não fui já programado... “Tá, vou ver!” Dentro de mim eu sabia que eu não ia ver nada, mas eu acreditava. A gente tem que acreditar mais no que a gente sente, mesmo se a gente não sabe explicar isso. E lá aconteceram coisas muito incríveis. O ar é diferente e o céu é tipo um espelho do espaço mesmo, você consegue ver tudo lá: muitas estrelas a mais e muitas coisas divertidas voando lá em cima.
COIOTE Posso fazer uma constatação? A gente reparou na viagem de van que não há céu como o do Paraná.
LÚDICO É verdade.
COIOTE Eu constatei hoje que realmente o sol é um astro. É o astro-rei. Porque ele deu um espetáculo do começo da viagem até o fim. Nossa!, coisa fantástica, cara! Durante a tarde o céu lindo e maravilhoso, foi... foi entardecendo... Nossa!, foi incrível!
LÚDICO Descobrimos que foi no Paraná que tiraram a foto do Windows XP.
COIOTE Aquelas colinas dos Tele-Tubbies.

THIAGO
Voltando ao Quebra-Galho, você só gastou 50 reais? Isso é uma mentira, não é?
LÚDICO Como eu não assinei nada que eu tinha que ficar quieto e se eu assinei eu não lembro então eu não me importo... Não foi 50 reais nem fodendo! Eu cheguei lá, comi igual um cavalo. Fiquei num hotel que eu tenho certeza que caberia todo mundo aqui confortavelmente (contabiliza as mais de 10 pessoas em volta) e fiquei assistindo “Os Três Patetas” a madrugada inteira. Foi muito legal mesmo.

THIAGO Então é uma farsa?
LÚDICO Total e plena.
RAFA Como você vai e volta de Varginha com 50 reais? Só na passagem de ida já vai o dinheiro todo.

"A gente não é rock star nem fodendo, e mesmo tento dinheiro eu não vou ser. Eu vou gastar todo meu dinheiro em gibi, em discos e em uma casa na praia e um violão e uma prancha long e um macaquinho."

GAIOTO
A música “Na Praia Com Você” é uma das que os fãs da banda mais gostam. Como foi composta?

LÚDICO Eu tinha uma namorada em Itanhaém e ela foi a única namorada que eu não fazia terrorismo e que eu gostava de verdade. Só que ela era filha do cara mais rico e idiota da cidade e eu era meio idiota, sempre fui. E ele proibiu a gente de namorar, aí eu fiz essa música criando uma praia utópica onde nós viveríamos felizes e faríamos coisas legais. E a música “Devótchka Maldita” eu fiz pra ela também quando fizeram uma lavagem cerebral na cabeça dela e ela começou a me ignorar e a me tratar mal.

Da esquerda pra direita fazendo o círculo (!): Gomes, Rafa,
Coiote, Lúdico, Gaioto e os
Tickets Renan, André e Klaus

GOMES
Vocês almejam tornar-se ou consideram-se rock stars?
COIOTE Não, não. Se soubesse as condições que a gente vive... Não vou dizer também que os Ramones viviam em condições fabulosas...
LÚDICO Os Ramones nunca foram rock stars. Rock stars são o Paul Stanley, o Gene Simmons (ambos do Kiss), Axl Rose (do Guns N’ Roses), esses caras... A gente não é rock star nem fodendo, e mesmo tento dinheiro eu não vou ser. Eu vou gastar todo meu dinheiro em gibi, em discos e em uma casa na praia e um violão e uma prancha long e um macaquinho. Só. E mais nada.

GAIOTO
Um macaquinho?
GOMES Não pode, cê vai ser preso.
LÚDICO Mas um macaquinho como amigo. Ele vai ter o quarto dele e tal.

"Claro que o Batman existe. Eu acredito que sim. O Batman, assim como o Tex Willer, é um personagem que passa muitos ensinamentos para as pessoas. Eu, que não tive uma figura paterna, busquei no Batman essa figura. Em quem me espelhar."

THIAGO Na música "Na Praia Com Você", vocês dizem "Tá... o Batman não existe... pra você". O Batman existe?
LÚDICO Claro. Eu acredito que sim. O Batman, assim como o Tex Willer, é um personagem que passa muitos ensinamentos para as pessoas. Eu, que não tive uma figura paterna, busquei no Batman essa figura. Em quem me espelhar.
RAFA Então o Alfred era um vovô pra você?
LÚDICO Era. E o Alfred era também médico de guerra. Ele poderia te operar com esse copo (pega um copo plástico amassado com uma tampa metálica).

GAIOTO
Como é a cena independente em São Paulo?
COIOTE É uma panelinha do caralho. Fica mais restrita à Rua Augusta e a galerinha que trabalha na produção da MTV. Rola bastante banda côver, mas pra música própria, pra você conseguir espaço é bem difícil. E quando tem espaço o cara quer que você já leve público, encha a casa. É bem complicado. Rola um certo descaso dos bares.

THIAGO
Mister Lúdico e os Morféticos fazem parte dessa panelinha? O Mister Lúdico já participou do Quebra-Galho, o Amadeu do VidaLog...
LÚDICO Isso aí foi assim: tem um amigo nosso que é roadie da banda. Ele é roadie de outra banda que chama Paura que ia tocar no programa do Gordo. “Meu, vamos lá. Só pra ir ver a gente.” A gente foi pra ir ver a banda. Aí as minas da produção viram a gente, gostaram, pegaram o nome, falaram que iam fazer não sei o quê, “vocês vão ficar aqui na frente”. Aí o João Gordo brincou com a gente até. Ele falou assim: “que ano vocês acham que vocês estão?”. Aí eu falei: “69”. Aí ele olhou pro Amadeu e falou: “é hippie!”. Foi isso, mas já bastou. Porque a gente não tinha contato nenhum até então. Aí o Amadeu fez o VidaLog, eu fiz o Tribunal de Pequenas Causas (Musicais) e esse Quebra-Galho. Aí a gente pegou contato, conheceu gente lá dentro. Mas a gente conseguiu isso na raça, indo lá e dando a cara. Não foi nada de pegar o telefone: “ó, então, eu tô com a minha banda, eu quero aparecer aí, beleza?”.


Para datas de shows, notícias e as músicas da demo acesse www.myspace.com/misterludico.
Dois ótimos motivos pra assistir à novela das 7:
Priscila Fantin e Mel Lisboa (não necessariamente nessa ordem).